MOVIMENTO GLOBAL DE ORAÇÃO

Jesus não está voltando para uma Igreja sem oração, mas para uma Igreja que está operando em estreita parceria com Ele em intercessão pela colheita do tempo final (Ap 22,17). O Espírito Santo está em movimento, levantando um movimento mundial de oração e adoração por todo o Corpo de Cristo. O resultado incluirá o evangelho sendo pregado a todas as nações no poder do Espírito Santo (Mt. 24:14; Apc. 7:9, 14).

 

O movimento de oração e adoração do tempo final está crescendo rapidamente nas nações enquanto o Espírito Santo trabalha para estabelecer uma cultura de oração no Corpo de Cristo antes do retorno de Jesus. Por todo o mundo Ele está levantando pessoas com o que eu chamo de "chamada de Ana" (Lc. 2:37). "As Anas" do fim dos tempos são crentes radicais que funcionam como o que eu chamo de "missionários intercessores", engajando-se no trabalho de intercessão com a adoração como sua ocupação de tempo integral.

 

O profeta Isaías e o rei Davi, nos Salmos, nos deu clareza sobre o movimento de oração e adoração do fim dos tempos em uma perspectiva terrena, e o apóstolo João o descreveu a partir de uma perspectiva celestial no livro do Apocalipse. Vou identificar apenas sete deles, embora haja muitos mais.

O movimento de oração e adoração do tempo do fim será centrado em Deus, relacional, contínuo, musical, global, missionário e intergeracional. Eu acredito que o movimento de oração do tempo do fim expressará a adoração "na terra como no céu" (Mt 6:10) de uma forma maior do que o modelo de adoração e intercessão que Davi estabeleceu com os Levitas em sua geração.

1. O MOVIMENTO DE ORAÇÃO DO TEMPO DO FIM SERÁ CENTRADO EM DEUS

A principal distinção do movimento de oração e adoração do tempo do fim será a compreensão da supremacia de Jesus, particularmente Sua majestosa beleza como Esposo, Rei, e Juiz. Os cânticos de adoração do tempo do fim enfatizarão a majestade do Senhor. Profetizando sobre a oração do fim dos tempos e o movimento de adoração, disse Isaías:

"Cantarão; para a majestade do Senhor chorarão em voz alta . . . Desde os confins da Terra ouvimos canções: 'Glória aos justos'". (Is. 24:14-16).

A verdade do valor e grandeza de Jesus deve ser declarada no canto e na proclamação profética, porque é a mais pura verdade sobre a qual todo o universo criado existe. O movimento de oração do fim dos tempos na terra se unirá à sinfonia de adoração no céu, gritando: "Digno é o Cordeiro". (Ap 5:12)

2. O MOVIMENTO DE ORAÇÃO DO FIM DO TEMPO SERÁ RELACIONAL

O movimento de oração e adoração do tempo final terá um foco relacional, que se refletirá em nosso canto das maravilhas do amor de Deus por nós e nossa resposta de amor por Ele. Deus é amor, e Ele quer se relacionar conosco - não porque Ele é necessitado, mas porque Ele quer compartilhar Seu amor e governar a terra em uma profunda parceria com Seu povo. O amor encontra prazer em se relacionar com os outros e trabalhar de perto com os outros.

Antes que o Senhor volte, a Igreja se verá como uma Noiva clamando ao seu Rei Esposo para vir até ela (Ap 22,17.20). Mesmo agora o Espírito Santo está enfatizando a identidade da Igreja como Sua querida Esposa.

"Serás chamado de Hefzibá . . . o Senhor se deleita em ti . . . Pois . . . assim como o noivo se alegra com a noiva, assim também o vosso Deus se alegrará convosco. Eu pus guardas [intercessores] em teus muros, ó Jerusalém; eles nunca se calarão de dia ou de noite . . . até que Ele faça de Jerusalém um louvor na terra" (Isaías 62:4-7).

Ele profetizou que no fim dos tempos o povo de Deus seria chamado de "Hefzibá", que em hebraico tem o significado do deleite do Senhor em Seu povo.

3. O MOVIMENTO DE ORAÇÃO DO FIM DOS TEMPOS SERÁ CONTÍNUO  (Is 62:6-7; Lc18:7-8).

 

Como a ordem de adoração ao redor do trono de Deus no céu é contínua, assim a adoração na terra será contínua em muitas nações antes de Jesus voltar. Isaías profetizou de um tempo pouco antes do Senhor voltar quando Ele colocaria no lugar intercessores que nunca estariam em silêncio, dia ou noite. Isaías referiu-se a eles como vigias "que lembram o Senhor".

 

"Nos teus muros, ó Jerusalém, eu nomeei guardas [intercessores]; todo o dia e toda a noite eles nunca se calarão".

Vós, que lembrais ao Senhor, não descanseis por vós mesmos; e não lhe deis descanso até que Ele estabeleça e faça de Jerusalém um louvor na terra" (Is 62:6-7).

Isaías descreveu ministérios de oração que continuariam 24/7 até o momento em que Jerusalém se tornasse um louvor na terra - isto é, quando Jesus retornasse para reinar de Jerusalém.

Apenas uma geração verá o cumprimento da promessa de Deus de nomear vigias-intercessores para orar "todo o dia e toda a noite" nos muros de Jerusalém. Você entende o significado desta promessa?

4. O MOVIMENTO DE ORAÇÃO DO TEMPO FINAL SERÁ MUSICAL (Is 42:10-13)

Outro aspecto do movimento de oração do fim do tempos é que ele envolverá música. Isaías enfatizou o lugar do canto e da música no movimento de oração do fim do tempo. A música é uma expressão do reino de Deus "na terra como no céu".

A música é uma parte essencial da nossa maquilhagem humana. O espírito humano é musical porque nós fomos criados à imagem de Deus, que é musical. A Bíblia nos diz que o Senhor canta sobre o Seu povo:

  O Senhor teu Deus... ...regozijar-se-á sobre ti com o canto.

-Sofonias 3:17

 

Embora seja caracterizado pela música, o movimento de adoração ao fim dos tempos não é um festival de música cristã. É um ambiente em que a música flui daqueles que crescem profundamente no conhecimento de Deus. Os jovens adultos, especialmente, estão respondendo com grande zelo. Em todo o mundo, eles estão vislumbrando a beleza e o valor de Jesus e de como Ele é adorado no céu.

 

5. O MOVIMENTO DE ORAÇÃO DO FIM DOS TEMPOS SERÁ GLOBAL 

(Is. 24:14-16; 42:10-12; Ml. 1:11)

 

A Escritura é clara que o movimento de adoração e oração do tempo do fim se estenderá por toda a terra, mesmo aos lugares mais remotos e difíceis de alcançar. Ela contém numerosas profecias de um movimento de adoração global que envolverá cantar ao Senhor a partir dos confins da terra:

 

"Cantar ao Senhor uma nova canção . . . toda a Terra." (Sl 96:1)

"Cante ao Senhor um novo cântico e Seu louvor desde os confins da Terra." (Is 42:10)

 

Cantai ao Senhor um cântico novo, e o Seu louvor desde os confins da terra, vós que desceis ao mar, e tudo o que nele há, vós costeiros... Que o deserto e suas cidades levantem sua voz, as aldeias que Quedar habita. Que os habitantes de Sela cantem, que gritem do alto das montanhas... O Senhor sairá [a segunda vinda de Jesus] como um homem poderoso; Ele despertará o Seu zelo como um homem de guerra. Ele gritará, sim, gritará em voz alta; Ele prevalecerá contra os Seus inimigos. (Is 42:10-13)

 

Na sua profecia Isaías diz que os remidos adorarão de um extremo ao outro da terra até que Jesus volte. Simplificando, o movimento de adoração e oração do tempo final estará em todos os lugares - mesmo nos lugares mais difíceis e escuros - oferecendo adoração a Jesus (Ml. 1:11). Isaías destacou que o povo de Deus cantará ao Senhor nas ilhas, que muitas vezes são remotas e difíceis de alcançar (Is 42:10). Ele falou de adoração saindo no deserto, ou em lugares desérticos, mesmo em aldeias islâmicas como Kedar na Arábia Saudita e Sela na Jordânia (v. 11). A profecia revela o zelo com que o Espírito Santo está levantando um movimento de adoração mundial. Jesus não vem no vazio, mas em resposta a um movimento de adoração global.

 

6. O MOVIMENTO DE ORAÇÃO DO FIM DOS TEMPOS SERÁ MISSIONAL (Ap. 7:9, 14).

 

O movimento de oração e adoração do fim dos tempos será instrumental no momento de anunciar a maior colheita de almas da história e a plenitude da justiça de Deus na terra (Mt 24,14; Lc 18,7-8; Ap 7,9.14). Jesus disse que devemos pedir ao Senhor que liberte os trabalhadores para a colheita (Lc 10,2).
 

Podemos identificar um padrão estudando o relato da igreja primitiva, na qual comunidades como a de Jerusalém mencionada em Atos 2 e a de Antioquia mencionada em Atos 13 se reuniram em adoração e oração. O resultado foi que missionários foram enviados, movimentos de evangelismo foram desencadeados, e uma colheita significativa de almas foi colhida.
 

Jesus conectou a oração da noite e do dia com a libertação da justiça na terra (Lc 18,7-8), no contexto do fim dos tempos (Lc 17,24-37), com referência específica à Sua segunda vinda (Lc 18,8).

7. O MOVIMENTO DE ORAÇÃO DO FIM DOS TEMPOS SERÁ INTERGERACIONAL (Ml. 4,5-6)

O movimento de oração do fim dos tempos será intergeracional, unindo pais e mães físicos e espirituais com seus filhos. Malaquias profetizou que o Espírito Santo voltaria os corações dos pais para os filhos na geração em que o Senhor retorna:
 

Eis que vos enviarei Elias, o profeta, antes da vinda do grande e terrível dia do Senhor. E ele voltará o coração dos pais para os filhos, e o coração dos filhos para os pais deles.  (Ml 4:5-6)
 

O Espírito Santo deseja que pais e mães espirituais se concentrem no propósito de Deus para os jovens, fazendo com que os jovens respondam com honra e amor para que haja grande unidade e poder na casa de Deus.
 

Como podemos ver, o Espírito Santo está chamando a Igreja a se levantar em unidade e participar de um movimento de oração global do fim dos tempos, oferecendo fervorosa e contínua intercessão e adoração que brotam da música profética e da intimidade com Deus. A partir da nossa posição de força como intercessores, trabalharemos juntos para cumprir a Grande Comissão e trazer a maior colheita de almas da história. Jesus responde à voz de Sua Esposa chamando como um só com o Espírito para que Ele venha em poder para vencer Seus inimigos e encher a terra com o conhecimento do Senhor.

 

O grande conflito no fim dos tempos será entre duas casas de oração - dois movimentos de adoração global. O Espírito Santo está levantando o mais poderoso movimento de oração e adoração da história. Para combater este movimento de adoração do Espírito, o Anticristo estabelecerá um movimento de adoração falso, financiado pelo Estado, em todo o mundo (Rev. 13:4, 8, 12, 15)

Mas Jesus tem um plano em Seu coração, e Seu plano não falhará. O movimento de adoração de Jesus será mais forte, mais criativo e mais ungido do que qualquer coisa que Satanás possa produzir.

 

Você pode não ser chamado para ser uma Ana, mas talvez Deus esteja lhe pedindo para assistir a uma reunião de oração uma vez por semana em sua igreja local para interceder. Talvez Ele queira que você lidere um culto para uma reunião de oração na casa de alguém. Talvez Ele deseje que você cante em uma equipe de adoração composta por membros do Corpo de Cristo em sua área ou que se envolva em evangelismo de rua. Como Maria, a mãe de Jesus, disse aos servos no casamento em Caná: "Tudo o que Ele [Jesus] vos disser, fazei-o" (Jo 2:5). E não demore.

Rua Ceará 104, 5º andar
Pç. da Bandeira - RJ
20270-160

(21) 2565-6259

©2018  CASA DE ORAÇÃO LIBERDADE RIO 

  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon
  • White Facebook Icon